O que é o amostrador IOM?

É um separador e um coletor de material particulado inalável.

    • Separador, pois garante que o tamanho das partículas coletadas, correspondam à fração inalável, definida pelas normas EN 481:1993 e ISO 7708:1995. Na tabela abaixo, vemos a eficiência de coleta requerida na separação de particulado inalável.

É isso mesmo! Ele funciona igualzinho a um Ciclone!

Eficiência de coleta requerida para separação de material particulado inalável.

Curva Fração Inalável

  • Coletor, por direcionar o ar do ambiente para o filtro e “agarrar” as partículas. O filtro é montado no cassete pelo laboratório de Higiene Ocupacional, e deve ser instalado no IOM pelo usuário no momento da coleta.

O IOM não é apenas um “suporte”! Ele até cumpre esse papel, entretanto, como vimos acima, esta não é sua função principal.

De que material é feito o Amostrador IOM?

Existem dois modelos disponíveis

Plástico condutivo, que é o modelo mais utilizado. É fabricado em polipropileno com tratamento especial para eliminar a carga eletrostática no momento da coleta. Garante que as partículas não sofram influencia deste fenômeno, que interfere na massa de contaminante amostrado.

Aço Inoxidável. É indicado quando devido à natureza dos contaminantes, existe a necessidade de esterilização após a coleta, pois este modelo permite descontaminação através de autoclave ou limpeza com solventes.

Tanto o amostrador IOM, quanto o cassete, podem ser fabricados nas duas opções. E o melhor, são intercambiáveis, ou seja, é possível usar o cassete de aço-inox no IOM de plástico e vice-versa.

Amostrador IOM

O que é fração inalável?

É a fração das partículas contaminantes suspensas no ar, com diâmetro aerodinâmico de até 100 µm, que são capazes de penetrar em qualquer parte do trato respiratório.

É apropriada para avaliação do risco ocupacional associado às partículas que exercem efeito adverso quando depositadas no trato respiratório como um todo.

O que mais é necessário para fazer coleta de poeiras inaláveis?

O IOM é indispensável, mas não trabalha sozinho, os seguintes componentes são necessários:

  • Bomba de amostragem de ar com sistema de compensação de fluxo constante, ajustada em 2,0 L/min.
  • Cassete, ou porta-filtro com o filtro adequado ao método de amostragem para o agente que se deseja coletar, fornecido pelo laboratório de higiene ocupacional.
  • Mangueira de Tygon, com diâmetro interno de 1/4” e comprimento de aproximadamente 90 cm.
  • Adaptador de calibração, para fazer a conexão do amostrador ao calibrador.
  • Calibrador de Vazão de alta precisão.

Acesse o certificado do Amotrador IOM, que garante a conformidade com as normas citadas.

Clique aqui e conheça mais sobre o amostrador IOM!

Referências

NORMA DE HIGIENE OCUPACIONAL – NHO 08 – Procedimento Técnico – Coleta de material particulado sólido suspenso no ar de ambientes de trabalho. FUNDACENTRO, 2009.

EUROPEAN COMMITTEE FOR STANDARDIZATION. EN 481: Workplace Atmospheres: Size Fraction Definitions For Measurement Of Airborne. Brussels: BSI, 1993.

AMERICAN CONFERENCE OF GOVERNMENTAL INDUSTRIAL HYGIENISTS. TLVs e BEIs: Limites de Exposição Ocupacional (TLVs®) para Substâncias Químicas e Agentes Físicos & Índices Biológicos de Exposição (BEIs®). São Paulo: ABHO. Tradução. ABHO, 2017.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *